Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a utilizar o website, assumimos que concorda com o uso de cookies. Aceito Ler Mais

História

A história de Cinfães

Portão Brasonado da Quinta da Fervença – Vila de Cinfães

Cinfães é a freguesia-sede do concelho e está situada no Douro Litoral, entre a Serra de Montemuro e o Rio Douro. Esta freguesia ocupa a área de 25,18 km2 e conta com uma população de 3395 habitantes; Pertence ao Distrito de Viseu e tem como patrono São João Baptista. Inserida em zona agrícola conta com tradições e costumes muito antigos sendo a sua gastronomia, artesanato, património, paisagens e gentes as suas maiores riquezas.

A constituição ou fundação destas terras perde-se numa acumulação de usos e costumes existindo porém vestígios de presença humana, nesta Vila, desde tempos romanos como é exemplo disso o Penedo de granito com motivos insculturados e esculturados situado na Quinta da Chieira que lhe atribuiu a designação pela qual será localmente mais conhecido: "Penedo da Chieira". Existem ainda várias sepulturas escavadas em pedra e existem torres de origem medieval, como é disso exemplo a Torre da Coelha, em Painçais. Na freguesia de Cinfães encontram-se ainda, da época medieval, o Tímpano da desaparecida Igreja Medieval de Cinfães e também registos da honra de Cidadelhe e da honra de Santa Eulália, a primeira pertença de Egas Moniz e a segunda propriedade de Mem Moniz. Mais tarde, na Idade Média Cinfães recebeu Foral, em 1513, outorgado por D. Manuel I – O Venturoso.

Existem ainda várias calçadas e caminhos de pedra com vários séculos de existência e que oferecem aos visitantes agradáveis caminhadas em perfeita comunhão com a natureza.

Queda de água no Rio Bestança

No que diz respeito ao património natural Cinfães conta com um dos rios mais limpos da Europa – o Bestança, que é exclusivamente Cinfanense. Nasce nas aldeias serranas cinfanenses e desagua no Douro. Para uma visita a este Rio sugere-se ao visitante que traga calçado prático pois, se assim pretender, poderá seguir percursos pedestres antiquíssimos que o levarão a locais de grande beleza onde a natureza permanece no seu estado mais imaculado. De realçar as suas cascatas naturais que são deslumbrantes. Este Rio conta com uma “Associação do Bestança” que tem como principais objectivos a sua preservação (fauna e flora) e também existe para divulgar as maravilhas naturais que este rio nos proporciona.

A freguesia de Cinfães conta ainda com o Ribeiro de Sampaio e com o ribeiro de Enxidrô. Nascem estes ribeiros em aldeias típicas da freguesia e no decorrer natural do seus trajectos proporcionam aos visitantes locais agradáveis e convidativos a banhos refrescantes ou a convívios relaxantes com a família.

O Parque do Ladário recentemente construído também é um local aprazível e propício para umas caminhadas na floresta de Cinfães. Podemos ainda destacar o Miradouro de Teixeirô sob o Rio Douro onde se alcança visualmente parte do concelho de Cinfães, desde o Maciço da Serra de Montemuro, onde se encaixa o Vale do Bestança, até ao Rio Douro.

Merecem grande destaque pela sua ruralidade, arquitectura e preservação as aldeias típicas de Pias, Contença e a zona histórica do Minhoso em plena Vila de Cinfães.

Vista Panorâmica do Miradouro de Teixeirô – Teixeirô, Painçais - Cinfães

Actualmente Cinfães é uma Vila que se tem desenvolvido a pouco e pouco contando já com várias infra-estruturas que satisfazem as necessidades básicas diárias da população. Como sede do concelho que é Cinfães usufrui de serviços de: Correios, praça de táxis, transportes públicos, Tribunal, Repartição de Finanças, Bancos, comércio tradicional, hipermercados, entre outros.

A nível cultural conta com infra-estruturas como: o Auditório, a Biblioteca, Academia das Artes (dança e música) e Museu.

A nível pedagógico existem em Cinfães estabelecimentos que oferecem todos os graus de ensino. Nesta freguesia-sede do concelho existem: três infantários, Escolas Básicas (EB1, EB 2,3), Ensino Secundário e Ensino Profissional de Hotelaria e Turismo.

A população idosa conta ainda com Apoio domiciliário, Centro de Dia e Lar-de-Idosos; sendo todos estes serviços prestados pela Santa Casa de Misericórdia de Cinfães.

No que diz respeito aos cuidados de saúde a população de Cinfães pode contar com: uma unidade Móvel de Saúde, um Centro de Saúde com Serviço de Apoio Permanente 24h por dia e uma recém-inaugurada Unidade de Cuidados Continuados.

Cinfães no Mapa

A área desportiva também não foi esquecida na freguesia-sede do concelho. Os habitantes têm ao seu dispor uma Piscina Coberta e outra Piscina descoberta, um Pavilhão Gimnodesportivo, campo de jogos relvado, pista de atletismo e trilhos sinalizados para excelentes caminhadas (ex. no ladário e nos caminhos do Rio Bestança).

A nível Turístico Cinfães oferece várias hipóteses aos visitantes; A freguesia de Cinfães oferece: Museu, Posto de Turismo, Auditório, Biblioteca, Jardins, Miradouros, Rios e Ribeiros com grande biodiversidade faunística, Igreja e Capelas, sete Casas de Turismo de Habitação, Património Arquitectónico de Interesse – Como é disso exemplo o Portão Armoriado da Quinta da Fervença; integra a Rota do Românico, pertence à zona do Vinho Verde, tem uma Gastronomia rica (arroz d´Aba, carne arouquesa, cabrito e anho assado em forno a lenha, rojões, fumeiro, broa de milho, pão-de-ló, bolinhos de manteiga, formigos, rabanadas entre muitas outras iguarias) e tradições seculares relativas às lides agrícolas mas também relativas à confecção de cestaria, tanoaria, latoaria e artesanato local. Actualmente o concelho de Cinfães faz ainda parte do Turismo Porto e Norte de Portugal.

Todos estes motivos deverão ser suficientes para que visite Cinfães e para que se maravilhe com a beleza natural e arquitectónica desta sede de concelho distribuída entre a Serra de Montemuro e o Rio Douro.

Por todos estes motivos Visite Cinfães!!!